BLOG

Cases de Sucesso: BiotechTown ajuda startups a evoluírem com solidez
14/07/2021

Cases de Sucesso

Cases de Sucesso: BiotechTown ajuda startups a evoluírem com solidez
14/07/2021

Por meio do Programa de Desenvolvimento de Negócios, o BiotechTown já acelerou e investiu em 23 startups e busca novas empresas

 

Desde o seu lançamento, em 2018, o Programa de Desenvolvimento de Negócios (PDN) do BiotechTown já acelerou e investiu em 23 startups, aportando R$6.9 milhões no ecossistema de inovação em Biotecnologia e Ciências da Vida.

Com metodologia própria e validada, o PDN se baseia em conhecimento científico, tecnológico e de mercado para fazer com que as startups cheguem ao mercado com sucesso e estabilidade, vencendo etapas como o Vale da Morte.

Conheça alguns cases de sucesso que contam com o apoio do BiotechTown.

 

Celluris

Logo startup Celluris

A Celluris é a primeira primeira empresa na América Latina a desenvolver tratamento personalizado para pacientes oncológicos por meio da imunoterapia por CAR-T. Este método programa as células do próprio paciente para reconhecerem o tumor como um alvo, combatendo-o de forma precisa.

Em novembro de 2021 a Celluris, startup investida na 2ª edição do PDN, estabeleceu uma parceria com o Sheba Medical Center, melhor hospital do Oriente Médio e um dos dez melhores do mundo por três anos consecutivos.

A parceria prevê que a Celluris possa replicar no Brasil a metodologia desenvolvida pelo Sheba e chegar mais rapidamente a um teste clínico. Enquanto o hospital israelense utilizará a tecnologia do construto da startup, que possibilita o tratamento para tumores sólidos e o controle de possíveis toxicidades.

 

 

Cepha Biotech

A Cepha Biotech cria soluções para a democratização de testes moleculares. No início da pandemia de Covid-19, a startup desenvolveu, em parceria com outras empresas, o OmniLAMP-SARS-CoV-2, solução para detecção de arboviroses (dengue, zika, chikungunya) e leishmaniose, que foi foi adaptada para o diagnóstico da COVID-19.

Já em 2021, a Cepha, startup selecionada na 3ª edição do PDN, participou da elaboração do MyTest, um kit de autocoleta para testagem da COVID-19 feito com amostra de saliva, que é comercializado pela rede Drogaria Araujo.

 

Far.me

Logo Far-me BiotechTownA Far.me é uma farmácia diferente, que simplifica a rotina de quem usa remédio todos os dias. A empresa criou a Far.me Box, uma caixa de medicamentos personalizada que é montada de acordo com a prescrição médica mensal do paciente e ordem cronológica de ingestão dos medicamentos.

Eleita a melhor startup do primeiro Demoday do BiotechTown, a Far.me recebeu um aporte financeiro Series A no final de 2020, vindo do Grupo Mafra, líder nacional na distribuição de materiais e medicamentos hospitalares.

 

InsilicAll

InsilicallA InsilicAll, startup investida na 1ª edição do PDN, é a primeira plataforma de drug discovery da América Latina que reduz custos, acelera o processo de desenvolvimento de novos medicamentos e avalia a segurança toxicológica para o registro de novos produtos.

Já em 2021 a empresa recebeu um investimento do Next A&M, Fundo de Corporate Venture Capital criado pela Alvarez & Marsal, empresa parceira do BiotechTown, com o intuito de investir em startups.

 

Jade Autism

Jade AutismA Jade Autism desenvolve soluções terapêuticas gameficadas para crianças e adolescentes com deficiências cognitivas. Enquanto a criança ou o adolescente se diverte jogando, o software gera relatórios sobre o seu comportamento e desempenho. Os dados são utilizados por terapeutas para levantar os pontos mais críticos e os melhores caminhos para o tratamento.

A startup investida pelo BiotechTown foi a grande vencedora do Supernova Challenge 2020, desafio realizado no evento Gitex Future Stars, em Dubai, que contou com mais de 120 startups de 70 países diferentes.

Recentemente, a Jade Autism foi eleita uma das 100 startups mais promissoras do Brasil pela 100 Startups to Watch, avaliação publicada por Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Época Negócios, EloGroup e InnoVc.

 

Kimera

A Kimera, startup selecionada na 3ª edição do PDN, atua no desenvolvimento de produtos e soluções diferenciadas para o mercado de Moléculas Recombinantes. É a primeira empresa a desenvolver e patentear a Gonadotrofina Coriônica equina Recombinante (r-eCG), para uso em reprodução animal, produzido totalmente em laboratório, inédito no setor pecuário.

No mês de junho a empresa foi selecionada para participar do Programa de Incubação do Parque da Ciência e da Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), em Portugal.

 

A edição 2021 do Programa de Desenvolvimento de Negócios está com inscrições abertas. Acesse inscrevasuastartup.com e saiba mais.

 

Compartilhe este post:


Receba nossos materiais

Para receber informações e novidades sobre o BiotechTown, escolha o assunto e cadastre seu e-mail.