BLOG

BiotechTown inaugura infraestrutura laboratorial e planta produtiva
03/02/2021

BiotechTown inaugura infraestrutura laboratorial e planta produtiva
03/02/2021

Novas unidades de negócios possibilitarão o desenvolvimento do ecossistema de biotecnologia e ciências da vida

 

O BiotechTown inaugurou na última segunda-feira, dia 1º de fevereiro, duas novas unidades: o Open Lab, infraestrutura laboratorial para projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, e o CMO (Contract Manufacturing Organization), planta para fabricação de produtos para a saúde.

Com o propósito de fomentar a criação de soluções que cheguem à vida das pessoas, os espaços visam atender ao ecossistema como um todo, incluindo pesquisadores e empresas de todos os portes, de startups a organizações já estabelecidas.

A partir da parceria tecnológica do BiotechTown com a Thermo Fisher Scientific, referência mundial em instrumentação científica, as estruturas foram totalmente equipadas e receberam as certificações necessárias para operação dos órgãos competentes.

Conheça sobre cada uma das unidades:

 

O Open Lab

Conceito ainda pouco difundido no Brasil, o Open Lab é um laboratório compartilhado com boas práticas de segurança e confidencialidade que possibilita a prestação dos seguintes serviços: aluguel de equipamentos e estrutura, produção de ensaios ou experimentos e elaboração e execução de PD&I.

Com acesso desburocratizado e modelo de negócio flexível, o Open Lab está aberto a pesquisadores e empresas de todos os portes, oferecendo operações customizadas a custos previsíveis. Sua área de 363m² possui quatro laboratórios totalmente equipados: Laboratório de Inovação Tecnológica, Laboratório de Microbiologia, Laboratório de Biologia Molecular e Laboratório de Cultivo Celular.

O Open Lab conta também com a estrutura necessária para as exigências regulatórias operacionais como salas de lavagem e esterilização de materiais, depósito de material de limpeza e abrigo de resíduos e descarte.

 

Equipe técnica do BiotechTown em operação no Open Lab


Saiba mais sobre as possibilidades do Open Lab e faça um tour virtual pela estrutura.

 

O CMO

O CMO foi criado para desenvolver lotes-pilotos e lotes comerciais de produtos para a saúde, permitindo que empresas de qualquer porte implementem ou expandam seu processo produtivo, minimizando custos e permitindo maior agilidade para levar produtos ao mercado.

Projetado para produção em escala industrial, o CMO oferece serviços de forma exclusiva e customizada, seguindo todas as normas de boas práticas e parâmetros de gestão de qualidade. Com 495m² de área laboratorial, possibilita serviços como produção, processamento em bulk, envase de soluções, produção de testes rápidos, produção de testes de Elisa e muitos outros.

 

Equipe técnica do BiotechTown em produção no CMO


Saiba mais sobre as possibilidades do CMO e faça um tour virtual pela estrutura.

 

Combate à pandemia de Covid-19

As novas unidades do BiotechTown são também excelentes aliadas no combate à pandemia de Covid-19. O Open Lab e o CMO não podem produzir vacinas diretamente, mas a infraestrutura das unidades serve para desenvolver produtos que auxiliam na prevenção, no diagnóstico e no tratamento do coronavírus.

O CMO oferece estrutura para produzir, envasar e embalar lotes-pilotos e lotes comerciais de kits de diagnósticos para a Covid-19. O Open Lab pode auxiliar na fabricação de insumos para os próprios testes, para vacinas e para demais soluções.

As estruturas ainda são importantes por abrir novos espaços de trabalho e acelerar produções que já acontecem, mas não são capazes de suprir toda a demanda que existe neste momento.

 

Uma proposta diferente

O BiotechTown se torna um hub de inovação único e suas novas unidades de negócios chegam ao mercado de uma maneira inovadora, oferecendo serviços que até então eram escassos ou fornecidos de maneira burocratizada, como conta o CEO Bruno Andrade: “A inauguração do Open Lab e do CMO faz com que o BiotechTown seja uma estrutura única não somente no Brasil, mas em toda a América Latina. A proposta é entregar aos pesquisadores e às empresas uma facilidade no desenvolvimento e na produção de seus projetos. A começar pela infraestrutura de ponta, passando pelo modelo de negócios flexível e muito ágil. Além disso dispomos de uma equipe técnica treinada e capacitada a desenvolver projetos e a supervisionar produções em escala industrial”, declara Bruno.

A Assessora Institucional do hub, Angélica Salles, corrobora com Bruno, afirmando que o serviço oferecido pelo hub agora é completo e abrange todas as etapas de desenvolvimento de bionegócios: “Com o início das operações dessas novas unidades, o BiotechTown passa a ser um hub de inovação completo, apoiando empreendimentos na fase de desenvolvimento final de seus produtos e serviços, na fase de produção e na sua inserção no mercado”, explica.

 

Importância para o ecossistema

Por democratizar o acesso a equipamentos e infraestruturas de ponta, as estruturas inauguradas pelo BiotechTown se mostram extremamente relevantes para o desenvolvimento do ecossistema. Agora, as possibilidades de produção serão muito maiores, trazendo resultados mais robustos para a sociedade, é o que nos conta Bruno Andrade: “A partir de agora, as empresas e os pesquisadores terão melhores condições de trabalho a custos controlados. O resultado será uma grande evolução no desenvolvimento da biotecnologia e isso refletirá diretamente na saúde das pessoas, que é o nosso objetivo final”, relata o CEO.

 

Quer saber mais sobre o Open Lab e o CMO do BiotechTown? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades.

     

    Compartilhe este post:


    Receba nossos materiais

    Para receber informações e novidades sobre o BiotechTown, escolha o assunto e cadastre seu e-mail.